28 de agosto de 2014

Saudades, atitudes, amor e coisa e tal...

Saudade, sentimento alimentado pela vontade de ter por perto, pela ânsia de poder te encontrar e te dar aquele abraço apertado, aquele abraço que cura feridas, ameniza sofrimentos, compartilha alegrias e suaviza a alma.
Toca meu nariz no seu, deixa eu sentir seu cheiro, respirar a sua pele.
Saudade de quando o desejo de nos ver era tanto que a gente tratava de dar um jeito de nos encontrar nem que fosse para ficar exatamente cinco minutos juntos.

A gente se ilude que para surpreender alguém é sempre preciso complexidade, planos mirabolantes e muito planejamento, lógico que se você quer fazer algo arrebatador, é preciso se empenhar um pouquinho, mas muitas vezes, tudo o que a gente precisa em um dia nublado é uma presença iluminada e inesperada, uma ligação e por que não uma rosa comprada às pressas na floricultura da esquina?!

Costumo dizer que não precisa de muito para me agradar, para mim, o eu te amo se faz com pequenos gestos e nenhuma palavra. Minha mãe é exemplo disso, ela raramente diz que me ama, mas mostra isso todo dia quando me liga perguntando se eu vou querer café fresquinho quando chegar da faculdade, ou quando acorda mais cedo e faz um pão de queijo quentinho pro café da manhã...Ela é pra mim o amor em forma de atitude. Aprendi a amar assim, fazendo mais que falando (não que eu não fale, ás vezes falo até demais), mas acredito que com o amor é igual com a fé,pois lembro da passagem quando Jesus falou: "Nem todo aquele que diz 'Senhor, Senhor' entrará no reino dos céus, mas o que põe em prática a vontade de meu Pai que está nos céus". Com o amor é a mesma coisa; nem todo "Eu te amo, eu to com saudade", vai me cativar, mas se você me liga me chamando pra dar uma volta, me abraça em dias escuros, compartilha comigo minhas alegrias, se importa comigo, você terá meu carinho eternamente, pois quando eu amo, eu amo para sempre.

Para iluminar o dia de qualquer pessoa, basta ser um pouco criativo, escreva uma carta, ou deixe um bilhete, faça um coração de papel, roube uma flor de um jardim, passei no parque...Não deixe a saudade virar rotina, não espere por ela, mas vá atrás quando achar necessário, há vezes que precisamos fazer algo diferente, não precisa ser arrebatador, apenas simples o suficiente para resgatar aquele sorriso que as preocupações da semana esconderam.


27 de julho de 2014

Sobre relacionamentos...

O que me inspirou a escrever hoje veio deste trecho do livro Um sorriso ou dois - Frederico Elboni:
"As pessoas têm muitas dúvidas: será que é uma boa namorar? Será melhor curtir por enquanto? Com isso, elas esquecem a coisa mais importante da vida: aproveitar o momento. Você não vai morrer com 30 anos, então eternize cada segundo, sinta o que tem que ser sentido e deixe rolar. O resto a vida faz.
(...) Pessoas vêm e vão e quem fica é você, com suas lembranças e a consciência de quem fez o que deveria ter feito. Então relaxe, você está no caminho certo. Basta lembrar que encontramos a felicidade plena quando nos apaixonamos, não por alguém, mas pela vida."

Desde os meus 16 anos eu namoro, entre um namoro e outro sempre veio um prazo curto de solteira, até então nunca reclamei, pois para mim, ter alguém do meu lado sempre foi melhor do que estar solteira. Machuquei corações, e me machuquei também, mas até aí, faz parte da vida...
Vai fazer um mês que estou solteira novamente e o motivo real dessa solteirice cabe estritamente a mim e ao meu ex-namorado, não me sinto na obrigação de falar nada a ninguém, mesmo porque conhecendo as pessoas como eu conheço, sei que elas jamais entenderiam nossos motivos, mas eu e ele entendemos e isso nos basta.

Esse mês, fiquei pensando em meus 3 namoros de verdade e vi como o modo no qual eles terminam, me influenciaram no modo que vejo minhas relações passadas atualmente.

Meu primeiro namorado foi uma paixão avassaladora, um amor bem cego, mas depois de descobrir todas as traições, todas as mentiras que até hoje ele nega ter feito (mesmo com provas e testemunhas dos fatos), se eu parar para pensar em como foram aqueles 18 meses ao lado dele, eu não consigo lembrar momentos realmente felizes, não consigo sorrir por eles e ainda não entendo como ainda tivemos casos alguns anos depois, mas Deus sabe o que faz e meus olhos foram abertos antes de que eu mergulhasse em uma pseudo-felicidade novamente.
O segundo namorado veio para eu tentar esquecer o primeiro, mas nunca combinamos de fato sentimentalmente falando e até hoje, mesmo mantendo uma amizade, aprendi com ele que jamais podemos tentar substituir pessoas. Foi um relacionamento complicado, cheio de dificuldades e no final, mais nos machucamos do que nos amamos de fato. Guardo momentos bons, guardo a amizade e deste relacionamento só posso dizer que foram 12 meses de muita lição.
E o terceiro, que foi na verdade o quarto, foi uma coisa meio louca. Nesse caso eu estava totalmente livre para poder de fato amar alguém e quem diriam hein! Que logo você, conhecido de tanto anos iria me namorar.
Ao seu lado eu vivi os melhores 2 anos da minha vida, com você posso dizer que fui feliz, que amei, fui totalmente sua. Sua amiga, namorada, amante, confidente, menina e mulher.
Foi o namoro mais sincero de todos porque vc sabia de tudo, seja das minhas conversas com outras pessoas até mesmo meu medos mais profundos. Ao seu lado aprendi a ser mais eu, a fazer o que quero sem ter medo de julgamentos alheios (ok, ainda to lidando com os julgamentos alheios rsrs), aprendi que a vida tem que ser vivida e não devo ser espectadora dela.
Aí você me pergunta: " Ué??? Se foi tão lindo assim por que acabou???" E eu apenas respondo, porque na vida nem tudo é como a gente quer. Entre os motivos o fato de eu ser muito focada na minha faculdade contribuiu pro termino, mas nossos motivos mais fortes, como eu disse antes, só pertence a nós, e não tem nada de escandaloso, nós apenas preferimos guardar isso pra gente.

Relacionamento é uma coisa complicada, mas cabe a nós guardarmos o que nos edifica quando ele acaba. E em um próximo relacionamento não jogar as mágoas deste último no novo que esta vivendo.

E hoje posso dizer que tenho minha consciência tranquila, porque pra mim, não fiz nada de errado, só fui eu e mesma, e a gente precisa aprender a lidar melhor com nos mesmos ;)

7 de julho de 2014

"Não se pode desperdiçar a vida dando voltas"

"Todavia, caros jovens, o coração do ser humano aspira coisas grandes, valores importantes, amizades profundas, laços que se reforçam nas provações da vida, ao invés de romper-se. O ser humano aspira amar e ser amado: essa é a nossa aspiração mais profunda.
A cultura do provisório não exalta a nossa liberdade, mas nos priva do nosso verdadeiro destino, das metas mais verdadeiras e autênticas. É uma vida em pedaços. É triste chegar a uma certa idade, olhar o caminho que fizemos e descobrir que foi feita em diferentes pedaços, sem unidade, sem definição: tudo provisório.
Não deixem que lhes seja roubado o desejo de construir na vida de vocês coisas grandes e sólidas! É isso que nos leva adiante. Não se contentem com pequenas metas! Aspirem à felicidade, tenham coragem, a coragem de sair de vocês mesmos, de arriscar plenamente o futuro de vocês junto a Jesus. Ele nos ama definitivamente, escolheu-nos definitivamente, doou-se definitivamente a cada um de nós. É nosso defensor e irmão mais velho e será nosso único juiz."
Papa Francisco
Sem mais!

6 de julho de 2014

Não tenha medo de se molhar...

O que eu vou publicar aqui, é parte do texto Moça, não tenha medo de ficar molhadinha do Ricardo Coiro do Blog Entenda os Homens. Que é um blog incrivel.

"Eu sei que a chuva estraga a chapinha. Sei, também, que nem toda maquiagem é à prova de água. Porém, quando a mulher, para manter o penteado intacto e a roupa higienizada, não se solta e passa a evitar qualquer possibilidade de diversão, eu, Ricardo Coiro, acho uma puta chatice.
Vaidade é importante, claro que é! Mas, em alguns momentos, em prol da construção de uma boa memória, ela precisa ser deixada de lado, esquecida.
Não estou exigindo que as moças mergulhem, sorrindo, em rios cheios de sanguessugas famintas. Também não estou propondo que a vaidade feminina seja completamente extinta. Nada disso! Apenas quero deixar aqui, neste texto, a minha admiração por mulheres que, quando o momento pede, deixam o cabelo bagunçar, o suor escorrer e a maquiagem borrar. Gosto – e muito! – das mulheres que, na hora do amasso, não estão nem aí para a camisa que acabou de ser passada. Estão me entendendo?
(...) Como bem disse o comercial do Omo: “Se sujar faz bem!”. Despentear-se também. Borrar-se também. Ficar totalmente amassada também. Mil vezes pior do que uma mulher com o penteado bagunçado, acredite, é uma moça que diz “não” a todos os programas capazes de tirar os fios de cabelo do lugar. Como namorar uma mulher que fará um escândalo a cada chuva inesperada? Como? Como manter uma relação com uma moça que, só para não lascar a unha, dirá “não” quando você convidá-la para experimentar a adrenalina do rafting? Como se divertir ao lado de uma fêmea que, para não amassar a roupa, não entra em montanha-russa? Não é nada fácil. Gente assim fode o rolê!
Moças do meu Brasil, por favor, saibam que nós, homens, não ligaremos caso o cabelo de vocês, do nada, deixe de ser liso. Não estamos nem aí se a sua camisa ficar amassada como a de um bêbado. De verdade! Saibam, também, que adoramos quando vocês deixam a frescura de lado e aceitam nos beijar sem a presença de um guarda-chuva. É sério. A lama, com certeza, sairá da sua pele, mas a impressão ruim que vocês passam quando dizem “não” em nome de um penteado, acredite, impregna mais do que graxa."
Eu estava pensando exatamente nisso hoje. Às vezes é preciso arriscar, se sujar, se sujeitar a coisas que você jamais faria sozinha, mas que hoje você vai fazer só pra fazer aquela pessoa sorrir ,e claro, fazer você rir também. Isso leva a lembranças que serão alvos para boasrisadas no futuro.
Como é bom quando você precisa trocar o forro da cama porque vocês fizeram amor até suar. Quando naquele momento só importava o sentimento, o suor dele na sua pele, o seu suor na pele dele. A respiração ofegante dos dois... O corpo de um enroscado no corpo do outro, aquele soneto realizado pelos dois corpos, em um amor gangorra que vai e que vem...
Como é bom quando os olhares se entendem, e o o beijo se encaixa.

É bom amar.
É bom viver com esse sentimento. Com reciprocidade.
É bom se permitir uma loucura. Se despentear faz bem pra pele, pra alma...Pra vida!
Como eu já disse anteriormente... Enlou-cresça! ;)

21 de junho de 2014

Prometo te beijar sempre que possível

Sabe aquele texto que vc lê e quando termina ele você esta com lágrimas nos olhos...? Foi assim com o que vou colocar aqui embaixo.
É uma sensibilidade tamanha que me fez sentir ser a menina em que estava sendo prometido os beijos sempre que possível... (acho que deu pra entender rs)
___________________________________________________________________________

É que estou a fim de juntar as escovas de dentes, sabe? Estou querendo ter alguém do meu lado para eu jogar minha perna por cima quando for dormir. E não há ninguém neste mundo além de você que me faz sorrir como um bobo, mesmo em dias nublados. Eu posso esquecer todas as minhas antigas namoradas. Posso desistir de tentar conhecer o Carnaval de Ouro Preto com todas aquelas universitárias disponíveis. Eu posso te ensinar a jogar vídeo game. Ou posso tentar diminuir a quantidade de jogos.
Só ficarei bêbado ao teu lado – eu espero que você se alegre com isso. E por favor, não tire fotos. Eu não tenho como largar o meu time de coração, mas posso assistir aos jogos com você do meu lado. E te darei beijos profundos a cada gol. E se meu time perder, eu te abraço forte e ouço você dizendo que eu não estou ganhando nada, enquanto os jogadores estão ricos e nem ligam para o time. E te beijarei novamente.
Eu posso me acostumar a andar de mãos dadas e nem ligar para tantos e tantos olhares que terão sobre você. Eu posso tentar não me atrasar tanto. Mas prometo avisar quando isso for acontecer. Eu posso me vestir bem quando for visitar tua família. Prometo não ficar bêbado perto deles. Eu posso diminuir o uso de entorpecentes, também.
Prometo presentes inesperados. Prometo jantares surpresas. Prometo me esforçar a lembrar sempre de abaixar a tampa da privada. Mas não prometo não rir se eu esquecer e você cair lá dentro. Ok, eu te ajudarei a levantar também.
Prometo miojos de madrugadas quando você estiver morrendo de fome. E chocolates extras quando estiver de TPM. Prometo serenatas e cantorias românticas ao pé do ouvido – não prometo afinação ou talento com instrumentos musicais. Prometo te levar em todas as atrações culturais de nosso agrado. Prometo dançar com você, mesmo sendo um péssimo aspirante a Fred Astaire. Posso te trazer flores, vez em quando. Mas já vou logo dizendo que acho um desperdício presentear alguém com flores. Acho melhor, termos um jardim e cuidar dele sempre.
Prometo deixar você escolher a programação da TV em dias que não tem futebol. Eu posso te fazer massagens sempre que você tiver um dia difícil. Mas espero que isso seja um acordo recíproco. Prometo não atrapalhar seus estudos e até ler teus textos de faculdade para te ajudar nas matérias – não prometo gostar dos assuntos estudados.
Prometo fidelidade. E isso inclui não olhar as mulheres que passam; não puxar assuntos que possam parecer flertes; e te deixar cientes de todas as mulheres que possam estar afim de mim. Não prometo não rir da sua cara quando você estiver com ciúmes. Prometo te beijar nesses momentos. Prometo te beijar em qualquer momento. Não prometo lembrar de datas especiais. Mas prometo tornar cada dia do calendário, um dia especial para nós dois.
Por Hugo Rodrigues do blog Entenda os Homens

11 de maio de 2014

Crer em Deus

Eu não entendo: As pessoas dispersam o mal no mundo, se julgam dignas de fazerem isso ou aquilo, acham que jogar lixo nas ruas não tem problema, entopem cidades, concretam ruas, e depois reclamam de Deus... E se julgam aptas a duvidarem de Sua Onipotência e Onipresença...

GENTE! 
É inevitável que na nossa vida, independentemente se vc for rico, forte, pobre, magro, cristão ou não, vamos nos deparar com dores, sofrimentos...
Sofrimentos estes que podem vir de muitas formas, seja um problema de saúde, um desemprego, ou então a perda de alguém que muito amamos ( seja por um "abandono, ou mesmo por um falecimento...) nos deixando com o coração cheio de saudade.
E em momentos assim é natural do ser humano se questionar: "- Se mesmo eu sendo cristão, acreditando em Deus, depositando toda minha fé Nele, eu não posso evitar o sofrimento, QUE DIFERENÇA FAZ EU ACREDITAR EM DEUS ENTÃO?"

Nesta curta caminhada com os Jovens da Milícia da Imaculada e diversas experiências pessoais, obtive a resposta: Quando se tem fé a tristeza e a dor vêm sim, entram na sua morada, passeiam, machucam você, porém no momento que se vão, elas não roubam sua alegria, sua esperança, muito menos sua capacidade de AMAR. E quando o sofrimento vêm, somos capazes de sentir que por mais que doa lá dentro, Deus ainda vai te fazer entender toda e qualquer poesia e torna a vida mais valiosa, nos provando que ainda dá pra sermos felizes.



9 de maio de 2014

Segredos da vida o/

As coisas não nasceram para dar certo, somos nós é que fazemos as coisas acontecerem, ou não.Acredito que a gente tem que ter um foco a seguir, traçar metas, viver por elas, ou morrer tentando.

Jamais queimar etapas e saber reconhecer quando é a sua hora.
Observar as coisas que interferem no seu dia e na sua noite. E saber entender que há aqueles sem sol e sem estrelas e que a vida não deve parar só por isso..Ser gentil com as pessoas e consigo mesmo. E gentileza não tem nada a ver com fraqueza, pois, assim como um bom espadachim, é preciso ter elegância para ferir seus adversários.O que adianta uma boca grande e um coração pequeno? Nunca diga que faz, se não o faz.Ame o teu ofício como uma religião, respeite suas convicções e as pratique de verdade, mesmo quando não tiver ninguém olhando. Milagres acontecem quando a gente vai à luta.Pratique esportes como arremesso de olhar, beijo na boca, poema no ouvido dos outros, andar de mãos dadas com a pessoa amada, respirar o espaço alheio, abraçar sonhos impossíveis e elogios à distância. E tente não ser o primeiro. Chegar junto é melhor, até porque, o universo não distribuí medalhas nem troféus.


Respeite as crianças, todas, inclusive aquela esquecida na sua memória. Sem crianças não há razão nenhuma para se acreditar num mundo melhor.
Ser feliz não quer dizer que não devemos estar revoltados com as coisas injustas que estão ao nosso redor, muito pelo contrário, ter uma causa verdadeira é uma alegria que poucos podem ter.Por isso, sorrir enquanto luta, é uma forma de confundir os inimigos. Principalmente os que habitam nossos corações. E jamais se sujeite a ser carcereiro do sorriso alheio.Não deixe que outras pessoas digam o que você deve ter, ou usar. Ter coisas é tão importante como não tê-las, mas é você quem deve decidir. Ter cartão de crédito é bom, porém, ter crédito nele tem um preço.
Esteja sempre disposto ao aprendizado, e não se esqueça que, quem já sabe tudo é porque não aprendeu nada.As ruas são excelentes professoras de filosofia, pratique andar sobre elas.Procure desvendar as máscaras do dia a dia, pois o segredo está no minúsculo - assim como um belo espetáculo do crepúsculo-, no pequeno gesto das formiguinhas esconde a grandeza a ser seguida pela humanidade.Tenha amigos. Se não tem, seja. Eles virão.Felicidade não se ensina, é uma magia, e o segredo está na disciplina de uma vida sem truques e sem fogos de artifícios.

Felicidade é poder contemplar a natureza

"Adaptado" do texto Felicidade, de Sergio Vaz.

29 de abril de 2014

Todas as formas de amor!

 Durante o retiro de páscoa eu e o Bruno (meu amigo) nos unimos para falar sobre amor, e juntos fizemos esse poema.
Deu trabalho, mas a gente tava com uma sintonia muito boa, resultando em um trabalho prazeroso (para ambas as partes acredito eu rsrs)
Não demos um título para o poema, mas acredito que Todas as formas de amor, apesar de ser meio clichê, se encaixa bem.
Eu sou o sorriso da criança
Que tanto brinca e não se cansa
Mas nos momentos que o medo assusta
É aos pais a quem busca.

Eu sou a mãe que cuida com carinho
Para me alegrar basta um beijinho
Faço tudo com amor sem cobrar
Minha satisfação está no olhar

Eu sou o pai que exige respeito
Que não deixa fazer de qualquer jeito
Sou o que educa e o que zela
E tem na família a coisa mais bela

Eu sou aquele que ensina, eu sou o irmão
Que mesmo nas desavenças estamos em união
Tudo foi pré-determinado num plano superior
Juntos estaremos, até mesmo na dor

Eu sou o amigo que te ouve e compreende
Aquele que em todos os momentos está presente
Na derrota e na conquista desejo sempre que persista
E sabe que o mais importante é que nunca desista

Eu sou a natureza na luz do Sol, no brilho do luar
Na plantinha do Jardim e no cachorro a te animar
Eu sou a formiga que passa a vida a trabalhar
Para que o solo que pisa, possa te sustentar

Eu sou o amor! Sou essencial
Posso estar na criança, no adulto e no animal
Faço parte de você, partindo do seu coração
Pois foi Jesus que fez de mim Sua maior lição.


Por Bruno Tanquella e Leidiane Campos
P.S. Pronto Bruno,como prometido, postei o poema no blog, agora ele está eternizado rsrs



16 de abril de 2014

Afeto e Gentileza

Segundo o dicionário afeto significa disposição de alma; Sentimento de amizade, simpatia.
Eu gosto dessa palavra, desse sentimento e dou muito valor a ele.
Afeto leva à gentileza, e aí vem a pergunta: O que seria a gentileza?
Ser gentil é ser educado, é ter a capacidade de notar a necessidade do seu próximo e/ou retribuir com um gesto de afeto, sem a necessidade do pedido.

Afeto e gentileza são expressões do amor.

É um abraço pra quem está aflito, ou até mesmo bravo. É um sorriso para iluminar o dia, é uma mão estendi, uma palavra de carinho...

Pequenas ações capazes de fazer do nosso mundo particular, um lugar mais colorido, longe das inseguranças e deslizes da vida, longe do estresse constate e das reocupações.

Eu me considero uma pessoa muito afetuosa. Adoro abraços e beijos. Adoro demonstrar com gestos meu sentimento pelo próximo, claro que há diferença entre afeto e grude e eu sei diferenciar isso.
O problema em ser afetuoso é o fato da malícia. As pessoas hoje notam malícia em tudo, e não é de se julgar visto que é isso que o mundo mais oferece atualmente, se uma menina comprometida vai ao cinema ou dorme na casa de um amigo já é motivo de fofoca, se ela tem muito amigo já não é santa, se ele fala com várias garotas é um garanhão...
Mas não é apenas isso.
Tem tanta gente precisando de amor! Falta pureza nas pessoas...

As vezes eu olho pras pessoas com o pedido: Um pouco mais de afeto por favor.
Vamos olhar mais com os Olhos de Deus e deixar de ver com os Olhos do Mundo?
Mas só posso falar por mim; Então como disse Lulu Santos em sua música "Deixa isso pra lá"

"Deixe que digam,
 Que pensem, que falem,
 Deixa isso pra lá
 Vem pra cá,
 O que é que tem?
 Eu não to fazendo nada,
 Nem você também
 Faz mal bater um papo
 Assim gostoso com alguém?"
Vou seguir com meu afeto, com minha gentileza, afinal, não vou mesmo fazer mal (até rimou rs).Vou espalhar o amor da forma que mais me convém, da forma que Deus me ensinou!
#ProntoFalei




13 de abril de 2014

More than words

More than words
Is all you have to do to make it real
Then you wouldn't have to say
That you love me, 'cause I'd already know


Essa música é única.... =)

30 de março de 2014

Felicidade

As coisas não nasceram para dar certo, somos nós é que fazemos as coisas acontecerem, ou não.
Acredito que a gente tem que ter um foco a seguir, traçar metas, viver por elas. Ou morrer tentando, jamais queimar etapas e saber reconhecer quando é a sua hora.
O acaso é uma grande armadilha e destrói os sonhos fracos de pessoas que se acham fortes.Não passar do tempo e nem chegar antes. Preparar o corpo, o espírito, estudar o tempo o espaço. Não ser escravo de nenhum dos dois.Observar as coisas que interferem no seu dia e na sua noite. E saber entender que há aqueles sem sol e sem estrelas e que a vida não deve parar só por isso..

Ser gentil com as pessoas e consigo mesmo. E gentileza não tem nada a ver com fraqueza, pois, assim como um bom espadachim, é preciso ter elegância para ferir seus adversários.O que adianta uma boca grande e um coração pequeno? Nunca diga que faz, se não o faz.
Ame o teu ofício como uma religião, respeite suas convicções e as pratique de verdade, mesmo quando não tiver ninguém olhando. Milagres acontecem quando a gente vai à luta.Pratique esportes como arremesso de olhar, beijo na boca, poema no ouvido dos outros, andar de mãos dadas com a pessoa amada, respirar o espaço alheio, abraçar sonhos impossíveis e elogios à distância. E em hipótese alguma, tente chegar em primeiro. Chegar junto é melhor, até porque, o universo não distribui medalhas nem troféus.
Respeite as crianças, todas, inclusive aquela esquecida na sua memória. Sem crianças não há razão nenhuma para se acreditar num mundo melhor; As crianças não são o futuro, elas são o presente, e se ainda não aprendemos com isso, somos nós, os adultos,  que tiramos zero na escola.
Ser feliz não quer dizer que não devemos estar revoltados com as coisas injustas que estão ao nosso redor, muito pelo contrário, ter uma causa verdadeira é uma alegria que poucos podem ter.
Por isso, sorrir enquanto luta, é uma forma de confundir os inimigos. Principalmente os que habitam nossos corações. E jamais se sujeite a ser carcereiro do sorriso alheio.Não deixe que outras pessoas digam o que você deve ter, ou usar. Ter coisas é tão importante como não tê-las, mas é você quem deve decidir. Ter cartão de crédito é bom, porém, ter crédito nele tem um preço.
Se possível, aprecie as coisas simples da vida pois o futuro... A Deus pertence.
Esteja sempre disposto ao aprendizado, e não se esqueça que, quem já sabe tudo é porque não aprendeu nada.As ruas são excelentes professoras de filosofia, pratique andar sobre elas.Procure desvendar as máscaras do dia a dia, pois o segredo está no minúsculo - assim como um belo espetáculo do crepúsculo-, no pequeno gesto das formiguinhas esconde a grandeza a ser seguida pela humanidade.Tenha amigos. Se não tem, seja. Eles virão.


Felicidade não se ensina, é uma magia, e o segredo está na disciplina de uma vida sem truques e sem fogos de artifícios.

Sérgio Vaz

*Do bloghttp://marciamensagem.blogspot.com.br/

8 de fevereiro de 2014

Carnaval e quaresma

O texto a seguir fiz para uma coluna da Revista O Mílite, da Milícia da Imaculada (MI) e pensei ser interessante publicar também no meu blog (Por que não?)
Faça uma boa leitura.

O carnaval e quaresma estão chegando mais uma vez. E como vai ser esse ano? Muita festa? Muito pula-pula atrás de trio elétrico?
Bem, como jovem da MI, estou aqui para expor minha opinião frente essas datas que estão por vir.
A Igreja não tem nenhum documento que fale como um jovem deve se portar no carnaval, portanto, com todos os estudos e esses anos como uma Jovem da Milícia da Imaculada e catequista, eu digo que o carnaval é época de sair e dançar e pular, mas tendo o máximo de cuidado com o que o mundo oferece. Bebidas, drogas e nudez são requisitos fáceis de encontrar, pois estão em cada esquina, e infelizmente, estão até dentro da nossa própria casa, basta apenas ligar a TV ou o computador; então devemos ter o máximo de cuidado para não cair nessas tentações e sermos muito cautelosos se realmente quisermos sair para festejar.
E logo após esse tempo de festa, temos o que acredito ser um dos tempos mais importantes da Igreja Católica: A quaresma, e logicamente a Páscoa.
A quaresma é tempo de reflexão e mais do que isso, tempo de mudança, tempo de converter nossos pecados. A quaresma nos propõe três vias: Oração, jejum e esmola.
A oração é algo que já faz parte de nós, JMI a partir do momento da nossa consagração e que é reforçada na quaresma. Ore de acordo com sua realidade, oferecendo seus estudos, seu trabalho, sua vontade de procurar algo.
O jejum, não precisa ser de alimento, pode ser de algo que te prenda de um contato com o próximo. Já pensou em fazer jejum do facebook? WhatsApp? Quaresma é tempo para se dedicar ao próximo o mais próximo possível dele.
E a esmola, essa também não precisa ser em dinheiro. É ser solidário, amoroso com aqueles que estão ao seu lado. É oferecer seu tempo para cuidar de alguém oferecer um gesto ou uma palavra de carinho.
A quaresma é tempo de se colocar no caminho da Ressurreição e para isso, cada dia deve-se abdicar mais desse mundo, para viver uma comunhão mais próxima de Jesus e Maria. É tempo de deixar de seguir os famosos deste mundo e seguir nosso modelo de Maria, obediente e confiante em Cristo Jesus.


Salve Maria Imaculada

7 de fevereiro de 2014

"Tem coisas que não são amor. A gente é enganado a todo momento pelas novelas, pelos filmes com os homens perfeitos com as mulheres perfeitas, com o beijo perfeito. Isso é mentira, isso é ilusão, isso não existe. Você quer saber o que é amor? É quando um homem olha para sua esposa e sabe que ela teve um dia difícil e por isso ela está sendo áspera nas palavras, e pra não brigar com ela, ele se cala para não brigar com ela. Amor é quando você está numa casa, numa família mais pobre e pega aquele pedaço que mais gosta e põe para outra pessoa porque você quer o melhor para ela. Amor passa por uma panela de carne. Amor é quando depois de ter brigado, de ter discutido, ainda preparar uma cama gostosa para os dois dormir e não conseguem dormir sem dizer uma palavra boa um para o outro. Isso é amor."
(Marcio Mendes)

Você para mim é Amor, a mais pura forma dele ;)