21 de outubro de 2010

Ela acreditava em anjos.E porque acreditava, eles existiam...

Mais uma vez percebo em mim a mudança, a mudança do meu agir do meu falar, do meu pensar. Mudança essa que acontece há mais ou menos 3 meses, e hoje, lembrando esse passado vejo o quanto estou diferente no presente. A mudança deve mesmo estar sempre presente na nossa vida, devemos aprimorar nosso ser e ser como Raul Seixas disse: "Ser metamorfose ambulante [...] e não ter aquela velha opinião formada sobre tudo"
Tento enxergar o que posso melhorar e faço o possível para mudar, para melhor, e isso só começou a acontecer a partir do momento que passei a ver mais e a conhecer mais sobre os meus defeitos do que os defeitos alheios.
Meu mundo girava em torno dele, e eu sabia que isso não tava certo, não podia fazer ele de Sol [pelo menos, não mais], afinal o Sol é a estrela mais importante. É o astro! É luz! É vida! o Rei!
E eu teimava em fazer dele o meu sol, e dos outros apenas estrelas que ora apareceiam ora se apagavam....E ele era tão importante que eu não ficava um dia sem falar com ele, sem sentir a presença dele mesmo que distante, por msg ou msn. Mas ele ta em outra e não é de hoje.

Ele diz que me ama???Mas sei que ele diz o mesmo pra ela e ainda consegue falar isso olhando nos olhos dela.
Ele diz que sente saudades? Tenho certeza que também diz isso a ela, todos os dias.
Ahhh! E ainda diz que o que sente vai além de amizade???? Mas com quem mesmo que ele faz planos para o futuro???
Você sabe que ele gosta de você, mas não é com voc~e que ele está, e mesmo voc~e sabendo que não adianta falar o que vc sente, vc acaba falando, acaba mandando ainda msg, mas vc percebe que ele é seu amigo e o trata como tal, mesmo querendo algo além, você sabe que o seu lugar é na coluna "amigas".
Palavras até me conquistam, por um tempo. Mas atitudes? Ahhh essas me perdem ou me ganham para sempre.
E parando para pensar, percebi que não adianta te fazer de sol se não o meu mundo que ele ilumina, que ele reina, mas sim no dela!! E para meu mund não ficar escuro passei a atribuir a cada pessoa especial em minha vida um pouco dessa luz, um pouco dessa majestosa estrela.
Não nego, que concedi a ele uma faixa de luz parcialmente grande, mas mesmo assim ainda é um raio de sol, sempre será, afinal eu gfosto dele especialmente, e mesmo não sendo mais o sol, ainda brilha em mim.
Mesmo nos falando menos, ele ainda consegue mexer lá dentro, mesmo eu tendo me afastando, é só sentí-lo mais perto que esse tolo coração torna a bater mais forte.
Mas o melhor de tudo foi que essa mudança ocorrida nesses 3 últimos meses não beneficiou só a mim, mas tbm todos que estão ao meu redor todos aqueles que fazem meu dia melhor, mesmo não estando ao meu lado, ás vezes podem estar em São Roque ou em Maceió ou em Porto Seguro, mas que não deixam de lembrar de mim, por isso são meus raios de sol.
Percebi que eles sempre foram mais que estrelas no céu, porque as estrelas s´conseguem brilhar a noite j´[a o sol, é ele que que dá o brilho para a Lua e desse modo, meio subentendido, consegue estar presente nesses 24 horas do meu dia.
Que meus raios de sol entendam a importância que têm para mim, assim como acredito ser importantes para eles...

Ass: Leidiane de Rezende Campos

Nenhum comentário:

Postar um comentário